Blog

A importância da optimização para motores de busca (SEO)

segunda-feira, abril 23, 2012

Quando um cliente nos apresenta um briefing para a execução de um site, normalmente a sua preocupação é ter a sua empresa disponível na internet. Junta-se o que se faz, o que se vende e os contactos, e o site está pronto. Será? Quando um cliente nos apresenta este tipo de briefing, a primeira coisa que fazemos é demonstrar-lhe o potencial que está a desperdiçar. Um site não funciona por si só, da mesma forma que a uma loja física não basta ter as portas abertas. Há toda um conjunto de variáveis que são essenciais para o sucesso de uma presença online. O design é importante, mas também o é a interface de utilização, a facilidade da mesma, a forma como os conteúdos são apresentados. Tudo isto deve ser pensado com o utilizador do site em mente.

Mas há algo, debaixo do capot, que tem também um grau de importância elevado: a optimização para motores de busca, também conhecida por search engine optimization (ou SEO). Este trabalho é o que facilita a identificação do site por parte dos motores de busca como o Google ou o SAPO. Faz com que o Google perceba do que fala um site, permitindo assim sugeri o site nas pesquisas mais relevantes. É muito mais do que ter "o seu site no primeiro lugar do Google". É saber que, quando os potenciais clientes procurarem por aquilo que a empresa vende, o site será um dos primeiros resultados a serem sugeridos. E isto faz toda a diferença na rentabilização de um site.

Fazer um site pode custar ou pouco, consoante as necessidades e requisitos. Mas um site caro é aquele que não traz negócio, mesmo que umas poucas centenas de euros.

SEO na INTG
Todos os nossos projectos de webdesign têm incluída a vertente de SEO. Quando desenhamos um site, pensamos logo na estrutura por detrás da parte visível e como poderemos melhorar a relevância do conteúdo mais importante. Para os nossos clientes esta preocupação significa vendas e é por esse motivo que nunca descuramos o SEO. E quando analisamos a concorrência face a um dos nossos clientes, dá-nos gozo ver que apenas um concorrente consegue resultados e mesmo esse fica aquém dos resultados do nosso cliente.